skip to Main Content
10 Dicas Para Quem Planeja Começar Um Pequeno Negócio

10 dicas para quem planeja começar um pequeno negócio

Hoje, o blog está aqui para ajudar você, que deseja empreender em um negócio próprio e realizar o sonho de ser seu próprio patrão.

Todo mundo, em algum momento da vida, já imaginou como seria empreender, ter seu próprio negócio. Apostamos que você aí também já pensou nisso, não é mesmo?

E você sabia que o número de pessoas que não ficam só no pensamento, que vão lá e encaram esse desafio, só cresce? Um crescimento que acontece, principalmente, nos pequenos negócios.

Muita gente pode achar que a palavra “empreendedorismo”, que ouvimos cada vez mais, é algo muito chique e distante de sua realidade. Pensam que abrir um negócio precisa, necessariamente, ser algo grande, com investimento de muito dinheiro.

Pois, saiba que uma pessoa que decide comprar e trabalhar com um carrinho de pipoca ou cachorro-quente também é um empreendedor. Assim como a manicure do bairro que atende na casa das clientes, a vendedora de cosméticos de porta em porta ou a cozinheira que faz marmitas congeladas em sua própria cozinha.

É exatamente por estas pessoas não se considerarem empreendedoras que, muitas vezes, deixam de ter atenção a alguns detalhes importantes para poderem administrar seu pequeno negócio para que, assim, ele seja rentável e cresça no futuro.

Então, se você se enquadra nesse perfil de trabalhador autônomo ou está pensando em partir para esse caminho, hoje é com você que viemos falar. 😊

Veja só as dicas que preparamos:

1. Acredite em você e no seu negócio

O primeiro passo é ter confiança no seu trabalho e no negócio que você escolheu. Muitas vezes, deixamos a insegurança nos dominar porque acreditamos não ter talento suficiente para o trabalho ou anteciparmos aquela sensação de que não dará certo antes mesmo de tentar, mas acredite, você deve ser o primeiro a ver o potencial do seu negócio!

2. Pesquise possíveis diferenciais para o seu negócio

Este é um dos segredos do sucesso de qualquer empreendedor, se diferenciar da concorrência. O que você pode fazer de diferente? Pode ser um atendimento mais caloroso, um ingrediente diferente, preços mais acessíveis. Lembre-se que você também é um cliente de outras pessoas. O que faz você tomar uma decisão de compra?

3. Defina quem serão os seus clientes

Conhecer quem é o público que poderá ter interesse em comprar o seu produto ou serviço é essencial. Por exemplo, se você tem um carrinho de cachorro-quente, não adianta você parar em frente de uma academia onde só pensam em comer coisas leves. Contudo, se você faz marmitas de baixas calorias, aí sim, esse é o lugar perfeito para distribuir folhetos oferecendo seu produto.

4. Deixe o seu negócio com a sua cara

Um pouco mais acima falamos em se diferenciar da concorrência, não é? Pois uma das melhores formas de começar a fazer isso é deixar o seu negócio com a sua cara, criando uma identidade própria. Assim, sempre que alguém ver um produto seu circulando por aí vai reconhecê-lo facilmente.

5. Faça um planejamento financeiro

Já escolheu o seu negócio, sabe quem serão seus clientes e bateu o martelo da sua decisão? Então chegou a hora de fazer um planejamento financeiro. Você precisa entender bem os custos do negócio, sem esquecer dos impostos, para poder colocar um preço justo no seu produto ou serviço.

Se precisar de ajuda, aqui no blog nós já publicamos dicas muito legais de como cuidar bem do seu dinheiro. Corra lá para ver nossas recomendações, é só clicar aqui.

6. O início é de muita dedicação

Lembre-se sempre que o início de qualquer tipo de negócio requer muita dedicação e trabalho. Por isso, não desanime, isso faz parte do processo e é apenas o início para, em breve, colher os frutos. Afinal, empreender não se resume a investir dinheiro, mas também investir nosso tempo e trabalho. 😉

7. Cuide bem dos seus clientes

Seja um negócio pequeno e iniciante, ou algo grande (até mesmo gigante como a DMCard), todos só sobrevivem graças aos seus clientes. Cuide bem deles, atenda sempre com alegria e sempre ouça o que eles têm a dizer, afinal, é sabendo o que um consumidor precisa, seus desejos, é que conseguimos desenvolver produtos ou serviços que vendam bem.

8. Continue aprendendo sempre

A vida da gente é um eterno aprendizado. Já ouviram alguém dizer isso por aí? Pois é a mais pura verdade, e isso também vale para o seu trabalho. Fique atento às novidades às tendências. Já imaginou uma cabeleireira que não aprenda a fazer o penteado da mocinha da novela que está na moda?

9. O que seu cliente pensa?

Como já te lembramos um pouco mais acima, antes de ser ter seu próprio negócio você também é cliente. Use isso para entender o que o seu cliente pensa quando compra o seu produto ou serviço, se ele se sentiu atendido em suas necessidades.

10. Não desista no primeiro tropeço

Todas as dicas que você vê aqui vão te ajudar a diminuir chances de que algo dê errado. Porém, existem fatores imprevisíveis, por exemplo, a pandemia pela qual estamos passando e que prejudicou algumas áreas. E falhar faz parte da vida de um empreendedor.

Por isso, não desista. Todo esforço vale à pena e é recompensado. Afinal, nós aprendemos muito mais com os erros do que com os acertos, você sabia?

Veja só o Denis Correia, que é o fundador e atual Presidente da DMCard. Antes dele abrir a nossa atual empresa e tentou um mercado totalmente diferente vendendo carne de rãs em sociedade com um amigo. O negócio não deu certo, ele não desistiu de empreender e, hoje, a DMCard está aqui como uma das líderes em seu setor, em todo o Brasil.

Existe uma frase que muita gente repete por aí para motivar a gente, já virou até nome de livro, e ela diz muita coisa em poucas palavras: “só não tem obstáculos quem fica parado”. Ou seja, não existe trabalho sem desafios, a não ser que você não vá em frente para realizar o seu sonho.

DICA Bônus: Use o DMCard Mastercard para te ajudar

Uma grande ajuda para quem está iniciando um novo negócio é o crédito, um dinheirinho que ajude a fazer as primeiras compras e que o novo empreendedor tenha um fôlego para pagar.

Uma das formas de acesso ao crédito mais simples é o cartão de crédito, como o DMCard Mastercard. Com o nosso cartão, além de poder parcelar os seus gastos, dependendo do dia da compra e do vencimento de sua fatura, você ganha até 45 dias de prazo para pagar.

Outro momento em que o cartão de crédito ajuda muito é nas compras online e, no caso do DMCard Mastercard, você nem precisa ficar preocupado em fornecer os dados em lojas online, pois ele é um dos mais seguros do mercado para uso na internet.

Isso, porque o DMCard Mastercard é um dos únicos com o CVC dinâmico. Sabe aquele número com três dígitos que vem gravado na parte de trás do plástico, próximo à tarja magnética? Esse é o CVC que é utilizado nas compras à distância. Ele é chamado de dinâmico porque ele muda constantemente, em alguns segundos e, por esse motivo, ele não está gravado no plástico do seu cartão. Os três números são consultados sempre no aplicativo, evitando que pessoas mal-intencionadas tenham acesso ao seu código de segurança e façam compras indevidas na internet em seu nome.

Viu só? Além de te ajudar com todas essas dicas, a DMCard ainda pode ser sua aliada com o cartão DMCard Mastercard.

O DMCard Mastercard ainda está em fase de lançamento, no entanto, você já pode manifestar interesse em ter o seu. Para isso, enviar os seus dados clicando aqui.

Esperamos que essas dicas tenham sido úteis para você dar o pontapé inicial no seu negócio. Para mais dicas como essa, nos acompanhe nas redes sociais Facebook e Instagram.

12+
Back To Top
×Close search
Buscar